13/7/2018 16:22 Ministro considera ruim para Brasil disputa entre EUA e China

O ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes, considera ruim para o Brasil a disputa comercial dos Estados Unidos, que impõe política protecionista, com a China. Ele participou hoje (13) de reunião com os setores de comércio exterior e de agronegócio da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), na capital paulista.

“As implicações de uma guerra comercial são muito ruins para o mundo, especialmente para um país em desenvolvimento como o nosso, que precisa ter acesso a mercados, que precisa ter intercâmbio comercial e de investimento maior”, disse o ministro. Para ele, o comércio exterior depende de regras e normas estáveis, “que não dependam do humor desse ou daquele governante”, além do fortalecimento da Organização Mundial do Comércio (OMC).

O ministro admite que o Brasil poderá ter ganhos no curto prazo em alguns setores, mas que será prejudicado no médio prazo. “Essa guerra vai levar à diminuição do ritmo de crescimento da economia mundial, e o país que quer, cada vez mais, se inserir no mercado mundial, vê as suas oportunidades minguarem”, declarou.

José Ricardo Roriz Coelho, vice-presidente da Fiesp, disse que um bom ambiente de negócios precisa de estabilidade, já que os fluxos comerciais e acordos são feitos a médio e longo prazo. “O que aconteceu ultimamente no cenário internacional é uma piora no ambiente de negócios”, avaliou.

Roriz reforça que o Brasil obterá vantagens apenas no curto prazo. “A médio prazo é ruim, porque deteriora as relações e, muitas vezes, quebra parceiras comerciais feitas ao longo do tempo. Também, cada país tem seus negociadores que estavam em tratativas para estabelecer acordos comerciais e muito disso volta à estaca zero”, declarou.

Edição: Sabrina Craide


Fonte: Agência Brasil - http://agenciabrasil.ebc.com.br


MAIS NOTÍCIAS DE ECONOMIA



19/2/2019 17:46 Indicador antecedente da economia fecha janeiro com expansão de 2,9%

5/2/2019 18:17 Governo projeta economia de R$ 1 trilhão com reforma da Previdência

30/1/2019 20:24 Ministério da Economia reduziu 2,9 mil cargos em comissão

25/1/2019 18:01 Não aprovação de reformas pode comprometer economia do Brasil, diz FMI

2/1/2019 20:26 Ministério da Economia nasce com sete secretarias especiais

1/1/2019 16:01 Nuevo gobierno apunta a economía liberal

1/1/2019 7:56 Expectativa é de economia liberal com nova gestão, dizem especialistas

28/12/2018 9:04 Incerteza da economia sobe 1,3 ponto em dezembro

20/12/2018 9:25 BC mantém previsão para crescimento da economia em 2,4% em 2019

18/12/2018 16:37 Violência custou mais de US$ 14 trilhões para economia mundial em 2017