20/3/2017 15:00 BNDES escolhe gestora do Fundo de Energia Sustentável

Plataforma de investimentos alternativos, especializada em gestão de recursos, de patrimônio e em assessoria financeira, a empresa Vinci Partners foi escolhida pela BNDES Participações (BNDESpar), subsidiária do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, para ser a gestora do Fundo de Energia Sustentável.

Com patrimônio de R$ 500 milhões e prazo de 15 anos, o fundo será o primeiro parceiro, no Brasil, da instituição internacional Climate Bonds Initiative, cujo objetivo é estimular a criação de instrumentos financeiros que possam apoiar o combate a mudanças climáticas. A informação foi dada hoje (20) pelo BNDES, por meio de sua assessoria de imprensa.

A participação da BNDESpar no fundo será de, no máximo, 50%. A ideia é incentivar a criação de um mercado brasileiro de títulos verdes. A partir da escolha do gestor, após um processo de seleção iniciado em dezembro do ano passado, a BNDESpar e a Vinci Partners se dedicarão ao processo de estruturação do fundo, cujo lançamento é previsto para o segundo semestre deste ano. Serão definidos também o regulamento e a oferta de quotas para os investidores.

Debêntures

Segundo o BNDES, o fundo vai investir em debêntures incentivadas de projetos de infraestrutura, com destaque para ativos ligados à economia de baixo carbono na área de energia. Haverá isenção para investidores pessoas físicas. Os títulos deverão ser de projetos financiados pelo BNDES.

De acordo com o banco, a associação de infraestrutura com os chamados títulos verdes atende uma das prioridades da instituição, na medida em que “conjuga a necessidade de ampliar investimentos nesse setor no Brasil com uma demanda por projetos ambientalmente sustentáveis”. Ao mesmo tempo, a iniciativa visa desenvolver o mercado interno de capitais de renda fixa, bem como o financiamento privado de longo prazo.

Edição: Kleber Sampaio

Fonte: Agência Brasil - http://agenciabrasil.ebc.com.br


MAIS NOTÍCIAS DE ECONOMIA



16/4/2018 10:00 Mercado reduz projeção do crescimento da economia para 2,76%

12/4/2018 18:00 Projeto da LDO prevê crescimento de 3% da economia em 2019

29/3/2018 9:00 BC mantém projeção de crescimento da economia em 2,6% para este ano

28/3/2018 10:00 Indicador de Incerteza da Economia sobe de 102,5 para 107,7 pontos

21/3/2018 18:04 Banco Central reduz juros básicos da economia para 6,5% ao ano

20/3/2018 19:00 Relator propõe manter 20 setores da economia em projeto que reduz desoneração

1/3/2018 15:00 CNC estima crescimento de 2,7% da economia brasileira neste ano

22/2/2018 12:00 Confiança na economia tem leve queda, mas é a 2ª maior desde abril de 2011

8/2/2018 16:00 Proibição de passagem na primeira classe dará economia de R$ 2,5 milhões

6/2/2018 21:06 Meirelles descarta impacto de volatilidade internacional na economia brasileira