2/3/2017 20:00 Horário de Verão gerou economia de R$ 159 milhões com redução do uso de térmicas

Este ano o horário de verão, que começa à meia-noite de sábado (18), será estendido em uma semana, por causa do carnaval, vai até 22 de fevereiro de 2015 (José Cruz/Agência Brasil)

Horário de Verão durou de 16 de outubro do ano passado a 19 de fevereiro José Cruz/Agência Brasil

O Horário de Verão deste ano possibilitou uma economia de R$ 159,5 milhões, decorrentes da redução do acionamento de usinas térmicas durante o período de vigência da medida. O número é maior do que previsto pelo governo, que esperava uma economia de R$ 147,5 milhões, mas ficou abaixo do resultado do ano passado, quando o total chegou a R$ 162 milhões.

Segundo dados do Operador Nacional do Sistema Elétrico, no Sistema Sul houve uma redução da ordem de 4,3% na demanda no horário de pico (entre 18h e 21h), o que equivale, aproximadamente, ao atendimento do dobro da carga da cidade de Florianópolis neste horário. Já no Sistema Sudeste/Centro-Oeste, a redução da demanda foi equivalente ao atendimento da metade da carga da cidade do Rio de Janeiro no horário de ponta, aproximadamente.

Esta edição do Horário de Verão durou 126 dias, de 16 de outubro de 2016 a 19 de fevereiro de 2017. Segundo o Ministério de Minas e Energia, além da economia de dinheiro, a medida gera ganhos qualitativos com a redução do consumo no horário de pico noturno, diminuindo os carregamentos no sistema de transmissão, proporcionando maior flexibilidade operativa para realização de manutenções em equipamentos e redução de cortes de cargas em situações de emergências, o que gera um aumento na segurança do atendimento ao consumidor final.

Edição: Luana Lourenço

Fonte: Agência Brasil - http://agenciabrasil.ebc.com.br


MAIS NOTÍCIAS DE ECONOMIA



17/7/2017 20:00 Relatório da OMC diz que recuperação da economia brasileira será gradual

8/7/2017 20:08 Mulheres se destacam em feira internacional de economia solidária

8/7/2017 10:00 Trump elogiou economia do Brasil, diz Temer no Twitter

7/7/2017 21:00 Secretário anuncia R$ 250 mil para feira de economia solidária

7/7/2017 13:00 CNI reduz projeção de crescimento da economia de 0,5% para 0,3% este ano

7/7/2017 13:00 Meirelles diz a jornalistas que a economia brasileira vai bem

7/7/2017 9:00 Em reunião do Brics, presidente chinês defende economia mundial aberta

7/7/2017 7:00 Cidade gaúcha sedia maior encontro de economia solidária da América Latina

6/7/2017 19:00 Ministro de Hacienda mantiene previsión de crecimiento de la economía brasileña

6/7/2017 12:00 Meirelles diz na Alemanha que mantém previsão de crescimento da economia em 0,5%



Atendimento Online MF Rural