6/3/2017 9:00 Indicador de Incerteza da Economia recua e atinge menor nível desde maio de 2015

Dinheiro

O índice passou de 127,3 para 118,8 pontos, o menor nível desde maio de 2015 (116,8 pontos)Marcello Casal/Agencia Brasil

O Indicador de Incerteza da Economia, medido pela Fundação Getulio Vargas (FGV), caiu 8,5 pontos entre janeiro e fevereiro, deste ano. O índice passou de 127,3 para 118,8 pontos, o menor nível desde maio de 2015 (116,8 pontos).

O Indicador de Incerteza da Economia é composto por três componentes: na frequência de notícias com menção à incerteza nas mídias impressa e online; nas dispersões das previsões de especialistas para a taxa de câmbio e para a inflação oficial e na volatilidade do mercado financeiro.

De acordo com a FGV, o resultado parece refletir notícias favoráveis, como a redução da inflação e da taxa de juros, além da promulgação da Emenda à Constituição 95, que limita os gastos públicos. No entanto, segundo a FGV, é preciso ter cautela com os resultados, uma vez que fatores externos, o andamento da Operação Lava Jato e contratempos durante a tentativa de aprovação de outras medidas podem reverter a tendência de queda do indicador.

Edição: Valéria Aguiar

Fonte: Agência Brasil - http://agenciabrasil.ebc.com.br


MAIS NOTÍCIAS DE ECONOMIA



17/5/2017 23:00 Fórum Nacional discute este ano saídas para a crise da economia brasileira

16/5/2017 17:00 Indicador Serasa Experian mostra expansão da economia no primeiro trimestre

16/5/2017 15:05 ONU diz que economia mundial crescerá, mas piora previsão para América Latina

12/5/2017 21:00 Meirelles diz que economia está voltando a crescer de forma sustentável

10/5/2017 8:00 Trump esboça política para América Latina baseada em economia e segurança

7/5/2017 18:00 Macron vai precisar de tempo para reformar economia em uma França dividida

5/5/2017 14:00 Ministro diz que economia teve sinais de melhora no primeiro trimestre

2/5/2017 19:00 Ministro de Industria y Comercio Exterior: Economía ya se recupera de la crisis

26/4/2017 19:00 Mudanças na reforma da Previdência reduzem economia da proposta em R$ 189 bi

25/4/2017 16:00 Especialistas defendem ações de economia solidária como alternativa para crise



Atendimento Online MF Rural