2/10/2017 19:00 Planalto afirma em nota que Decreto dos Portos foi resultado de amplo debate

A Presidência da República afirmou que o chamado Decreto dos Portos, assinado pelo presidente Michel Temer em maio, ocorreu após “longo processo de negociação” entre o governo e o setor portuário. Em nota divulgada à imprensa hoje (2), o Palácio do Planalto defendeu Temer, investigado em inquérito pelo suposto favorecimento da empresa Rodrimar S/A na edição desse decreto em maio passado.

“O presidente da República, Michel Temer, responderá aos questionamentos pertinentes ao inquérito. Vale destacar que houve amplo debate com o setor antes da publicação do decreto de renovação das concessões de portos”, disse a nota do Palácio do Planalto.



MAIS NOTÍCIAS DE ECONOMIA



19/2/2019 17:46 Indicador antecedente da economia fecha janeiro com expansão de 2,9%

5/2/2019 18:17 Governo projeta economia de R$ 1 trilhão com reforma da Previdência

30/1/2019 20:24 Ministério da Economia reduziu 2,9 mil cargos em comissão

25/1/2019 18:01 Não aprovação de reformas pode comprometer economia do Brasil, diz FMI

2/1/2019 20:26 Ministério da Economia nasce com sete secretarias especiais

1/1/2019 16:01 Nuevo gobierno apunta a economía liberal

1/1/2019 7:56 Expectativa é de economia liberal com nova gestão, dizem especialistas

28/12/2018 9:04 Incerteza da economia sobe 1,3 ponto em dezembro

20/12/2018 9:25 BC mantém previsão para crescimento da economia em 2,4% em 2019

18/12/2018 16:37 Violência custou mais de US$ 14 trilhões para economia mundial em 2017