14/3/2017 15:00 Valores pagos a mais por energia serão devolvidos na conta de luz

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) informou hoje (14) que o R$ 1,8 bilhão a mais pago pelos consumidores de energia no ano passado serão devolvidos diretamente nas contas de luz nos próximos meses. Segundo o diretor-geral da agência, Romeu Rufino, a diretoria vai decidir no dia 28 de março como será feita essa devolução.

“Todos os consumidores deixarão de pagar esse valor a partir da decisão que tomaremos no dia 28. E o valor que se pagou nesse período, da data do aniversário [tarifário da distribuidora] de 2016 até o dia 28 de março, será prontamente devolvido, não vai se esperar o período tarifário de 2017/2018 para devolver”, explicou Rufino.

A previsão é que o valor seja devolvido entre abril e maio, já com a correção pela Selic.

Essa devolução vai ocorrer porque o custo da energia proveniente da termelétrica de Angra 3 foi incluído nas tarifas do ano passado, mas a energia não chegou a ser usada porque a usina não entrou em operação. Na semana passada, a Aneel havia informado que os consumidores seriam ressarcidos desses valores com reajustes menores nas tarifas em 2017. Mas hoje, a agência anunciou que vai fazer a devolução diretamente na conta de luz.

Rufino explicou também que o valor de R$ 1,8 bilhão foi parcialmente cobrado dos consumidores uma vez que o montante foi incluído no processo de reajuste de cada concessionária em 2016, de acordo com o seu aniversário tarifário. “Portanto, dependendo do período em que foi incluído na tarifa, se cobrou só proporcionalmente daquela data até a data de hoje”, disse.

Edição: Lílian Beraldo

Fonte: Agência Brasil - http://agenciabrasil.ebc.com.br


MAIS NOTÍCIAS DE ECONOMIA



17/7/2017 20:00 Relatório da OMC diz que recuperação da economia brasileira será gradual

8/7/2017 20:08 Mulheres se destacam em feira internacional de economia solidária

8/7/2017 10:00 Trump elogiou economia do Brasil, diz Temer no Twitter

7/7/2017 21:00 Secretário anuncia R$ 250 mil para feira de economia solidária

7/7/2017 13:00 CNI reduz projeção de crescimento da economia de 0,5% para 0,3% este ano

7/7/2017 13:00 Meirelles diz a jornalistas que a economia brasileira vai bem

7/7/2017 9:00 Em reunião do Brics, presidente chinês defende economia mundial aberta

7/7/2017 7:00 Cidade gaúcha sedia maior encontro de economia solidária da América Latina

6/7/2017 19:00 Ministro de Hacienda mantiene previsión de crecimiento de la economía brasileña

6/7/2017 12:00 Meirelles diz na Alemanha que mantém previsão de crescimento da economia em 0,5%



Atendimento Online MF Rural